Siga-nos nas Redes Sociais

Produtividade

O que é Agile Workflow?

Tatiana Perez

Publicado

em

“Agile — capaz de se mover rapidamente e facilmente”

Agile (ELI5) é uma abordagem repetitiva para gerenciamento de projetos. A equipe entrega o projeto em pequenos passos, ao invés de entregar tudo no final.

O Wikipedia descreve Agile como: “Um conjunto de valores e princípios para o desenvolvimento de software sob as quais requisitos e soluções evoluem através do esforço de colaboração das equipes multifuncionais de auto-organização.”

Os processos de Agile reconhecem que os seres humanos são naturalmente ruins de planejamento e estimativa. Não se sinta mal por isso! Não importa quanta prática você tenha, sempre tem algo à espreita, que não pode ser previamente contabilizado.

Em qualquer projeto, seja um software, uma campanha de marketing, ou uma estratégia de recrutamento, aparecerá a necessidade de escopo extra ou os requisitos podem mudar.

Em projetos maiores, isso também precisa ser desconsiderado (geralmente não é o ideal), ou encravado num plano apertado, deixando o planejamento em desordem. Pra que planejar então, certo? Errado! Abraçe a incerteza e a inclua em seu processo. Algumas das melhores idéias não surgem até que você esteja perto.

REGRAS

Vamos cobrir as regras básicas, Agile é o processo de quebrar um grande projeto em tarefas menores (normalmente chamadas de story point) e priorizando-as.

Este estabelecimento de prioridades é importante e é a essência do Agile. Garantir o foco da equipe no sprint atual, ou sobre o resultado mais importante é fundamental para garantir que você atinja os objetivos do seu negócio. Isto impede que equipes se percam em uma torrente de exigências e pedidos, e garante que todos os story points que foram trabalhados em um dado intervalo de tempo são importantes para o progresso do projeto.

Esses story points são entregues continuamente, ou em pequenos ciclos chamados sprints (Scrum).

COMO FUNCIONA?

Use os requerimentos do projeto para fazer uma lista de tudo o que precisa acontecer. Não se preocupe caso você esqueça alguns detalhes, eles podem ser adicionados posteriormente. Estime cada ítem, por hora, ou mais comumente por story points (você pode criar seus parâmetros ou boas práticas, como a sequência de Fibonacci). Tubo bem se for um pouco impreciso. Isto lhe dará uma idéia aproximada da duração do projeto.

Defina algumas prioridades, coisas mais importantes primeiro. Isso evolui normalmente, então priorize rapidamente e frequentemente. Revise o trabalho atual. Se estiver evoluindo rapidamente, aumente a carga  do sprint. Se existirem ítens pendentes, você está sendo muito ambicioso!

SCRUM vs KANBAN

Com Scrum, o trabalho é dividido em pedaços ou iterações, os chamados sprints. Ao final de cada sprint é feito uma reunião de revisão, ou review meeting, que é a apresentação, conferência e avaliação dos itens acordados no projeto em comparação com cada um dos ítens prontos. As reuniões são diárias e muito curtas, visando salientar possíveis pontos de bloqueio e mantendo o projeto em movimento.

No Kanban as reuniões são semanais, focando no fluxo contínuo, os processos podem ser visualizados por meio de colunas em um quadro, além de ter a priorização essencialmente importante, mantendo o foco do que deve ser entregue primeiro.

CONCLUSÃO

O processo Agile apresenta um conjunto de práticas para ajuda-lo a se tornar adaptável e se certificar de que sua equipe sempre estará trabalhando em algo importante. O ideal não é perguntar Scrum ou Kanban, mas sim Scrum & Kanban ou mesmo os dois, tornando os principios mais importantes que as práticas.

Foto: Ryoji Iwata, Unsplash.

*O Jornal 140 não se responsabiliza pela opinião dos autores deste coletivo.

Tatiana Perez é Tecnóloga em TI e graduada em administração de empresas pela Coventry University, Inglaterra. Apaixonada por inovação, tecnologia e aviação, passou a traduzir artigos acadêmicos e outros materiais da área. Possui vivência internacional de 11 anos entre Emirados Árabes e Indonésia, maior pólo de startups do mundo.

Produtividade

Sua equipe é eficaz?

Euriale Voidela

Publicado

em

Por trás de cada negócio estão pessoas – elas são sua força motriz, elas decidem sobre o sucesso ou o fracasso! Você pode ter uma ótima ideia para um produto ou serviço, um plano de negócios brilhante, mas se você não tem uma equipe eficaz, será difícil realizar qualquer coisa e mesmo que inicialmente você caminhe sozinho, não chegará tão longe quando com um time!

A “Transformação Digital” está presente em nossas vidas e sou uma fã enorme do mundo digital. Ela é um ponto de facilitação, de otimização, de melhoria nos processos, ganho de tempo e performance em muitos segmentos, mas todas foram programadas e desenvolvidas por humanos! Possuir uma equipe altamente alinhada com os propósitos de sua marca e engajados com o sucesso da empresa, irão sim garantir o sucesso de qualquer projeto. Então, se você é um gestor e quer construir uma equipe eficaz focada no sucesso, vou relacionar algumas dicas para você!

Vamos começar com a EFICIÊNCIA.  O conceito de eficiência está altamente alinhado a META, sendo este ponto importante e fundamental para a gestão de qualquer equipe. – “A eficiência é uma ação direcional que visa atingir um objetivo específico, em um momento específico, com o uso otimizado dos recursos disponíveis.”

LIDERANDO COM OBJETIVO –  Por que uma meta é necessária? Independentemente de quanto a equipe é capaz de fazer, independentemente de ser uma atividade operacional diária regular, tomar iniciativas de ação ou implementar um projeto grande, é importante sabermos qual a meta que queremos alcançar e quais resultados aparecerão ao final de nossos esforços. Não se trata de fazer algo apenas por fazer. O objetivo deve ser S.M.A.R.T.: específico, mensurável, alcançável, relevante e oportuno. Esta é uma técnica simples que pode lhe ajudar muito!

LIDERANDO COM VISÃO – Ainda mais acima do objetivo deve ser uma visão que responda à pergunta: Para que estamos fazendo isso? Que sentido maior tem a nossa ação e que valor ela gera? Compreender, e até mesmo uma melhor identificação com a visão como suprema, é extremamente importante para a motivação da equipe para o trabalho. Se nos identificamos com algo maior, que inclui, como um guarda-chuva, uma meta operacional, então fazemos nosso trabalho com mais vontade – porque fazemos algo que entendemos e queremos, não algo que devemos fazer. A comunicação com a equipe é papel fundamental com a equipe para que a visão esteja uniformemente alinhada entre todos os integrantes da equipe. O engajamento do time tem dentre os pilares, a união entre todos.

LIDERANDO COM UM PLANO – Cada equipe também precisa de um plano para ser eficaz. Informações sobre o passo a passo do que faremos e como faremos, o líder como um grande guia. Um bom plano é caracterizado não apenas pela organização de ações específicas no tempo, de modo a nos levar ao objetivo assumido, mas também deve especificar quais recursos e de que maneira ideal para fazê-lo. O plano é o nosso mapa e guia, que mostra como devemos nos mover, a que ritmo, em que sequência de ações executadas. Ele permite que você mantenha a disciplina e o foco na tarefa. Mais uma vez, destaque a COMUNICAÇÃO para que todos do time estejam informados sobre as evoluções e diretrizes. O plano pode ser ótimo, mas sem uma comunicação eficaz, estará fadado ao fragrasso.

LÍDER – Cada equipe deve ser liderada por um gestor – a pessoa que lidera toda a equipe e abaixo relacionamos alguns pontos importantes desta atividade:

  • Passar a visão e definir claramente a meta e transmitir a todos de fora igualitária,
  • Seleção adequada dos membros da equipe com base em sua experiência, competências e talentos – uma equipe diversificada é a chave para o sucesso,
  • Atribuir papéis, tarefas e responsabilidades a cada membro da equipe,
  • Realizar apoio contínuo para equipe e direcionamento para as melhores decisões que são necessários durante a implementação das tarefas,
  • Garantir ferramentas e recursos para executar tarefas junto ao time,
  • Monitoramento contínuo da implementação e feedback de cada fase do plano,
  • Remover distrações que podem causar interferência, perda de foco e retardar o trabalho da equipe,
  • Motivar e recompensar por um trabalho bem feito sempre e prestar feedback em particular quando algo não está dentro do esperado,
  • Cuidar da atmosfera certa e da comunicação contínua,
  • Resolução de conflitos – se necessário.

PESSOAS – O líder como grande gestor necessita gostar muito de pessoas e transbordar tal paixão a todos da equipe de forma a que todos desejem realmente trabalhar em equipe. A equipe deve trabalhar em conjunto sim de forma a maximizar os talentos individuais, o conhecimento e as habilidades de cada membro. Celebrar os sucessos juntos, mas também experimentar o sabor amargo do fracasso juntos com maturidade e unidos ainda mais. É realmente estar juntos, experimentando e aprendendo juntos, especialmente quando nem tudo acontece como gostaríamos, nos dá mais sabedoria, nos desenvolve e nos prepara para o futuro. Em uma equipe leal, podemos desencadear a paixão, temos a chance de nos realizar, sentir satisfação com o que fazemos. Esse é o combustível que nos apressará e nos impulsionará nos próximos desafios.

Em suma, uma equipe eficaz é aquela que sabe quais metas ela realiza e compreende como elas se relacionam com uma visão mais ampla da empresa ou com a meta abrangente. É uma equipe motivada e liderada por um líder que é capaz de gerenciá-la adequadamente, acertar contas, aplicar e recompensar, garantindo o ambiente de trabalho correto e uma comunicação eficaz.

Foto: Quino Al / Unsplash

*O Jornal 140 não se responsabiliza pela opinião dos autores deste coletivo.
Continuar Lendo

Produtividade

Espaços gratuitos de co-working disponíveis em São Paulo

Tatiana Perez

Publicado

em

O aluguel de um escritório ou sala comercial pode onerar muito o custo fixo de um negócio, e ao mesmo tempo em que o trabalho estilo home office oferece liberdade, às vezes sentimos a necessidade de sair um pouco e socializar com outras pessoas.

Escritórios compartilhados dão visibilidade ao empreendimento além de favorecer a integração e a troca de experiências com pessoas de diferentes áreas. Esse post tem como objetivo divulgar espaços na cidade de São Paulo que oferecem internet e pontos de trabalho gratuitos.

Co-working Sebrae – SP

Localizado no lindo Palácio dos Campos Elíseos, o co-working oferece acesso à internet, baias para trabalho, cabines para ligações ou videoconferências e estacionamento gratuito.

Inscrições aqui e maiores informações pelo tel 0800-5700800.

Hub/sp

A hub/sp oferece infraestrutura completa com vestiários, bicicletário, copa e 110 pontos de trabalho. Está localizada no bairro Jaguaré e visitantes esporádicos podem utilizar gratuitamente o espaços e serviços compartilhados mediante disponibilidade.

Cadastre-se previamente aqui.

Espaço do Google para startups

Localizado no Paraíso, conta com uma cafeteria bem interessante e wifi gratuito. Permite acesso através de um passe temporário a quem deseje conhecer o espaço. A distribuição de passes temporários não exige cadastro prévio, mas está sujeita à lotação. O espaço frequentemente oferece oportunidade de residência para startups em fase de crescimento, com programa de mentoria.

Coworking Spaces FIAP

Com endereços em excelentes localidades em São Paulo, a Faculdade FIAP permite o uso gratuito do espaço com pontos de energia e wifi gratuito. Para ter direito a uso, é necessárior agendamento prévio. Alunos, ex-alunos, colaboradores e professores da FIAP e pessoas sem vínculo com a instituição, que desejem desenvolver projetos na área de TI podem ter acesso ao local.

Av. Paulista, 1.106, 7º andar

Rua Fidêncio Ramos, 308 – 7º andar – Torre A

Conhece algum? Faz uso de alguma outra sala? Deixe um comentário para manter o artigo atualizado.

Foto: Mika Baumeister / Unsplash

*O Jornal 140 não se responsabiliza pela opinião dos autores deste coletivo.
Continuar Lendo

Trending