Os números do vídeo streaming no Brasil e no mundo

Estudo realizado pelo App Annie, intitulado “Video Streaming – The state of mobile 2019” (veja aqui) apresenta os principais players e os números do mercado de videostreaming. O Brasil aparece em segundo lugar em tempo despendido no consumo cujo primeiro lugar é ocupado pela Índia.

A lista, com a taxa de crescimento de consumo nos últimos dois anos nas cinco maiores plataformas, é a seguinte: 1) Índia (+185%), 2) Brasil (+130%), 3) EUA (+ 95%), 4) Coréia do Sul (+ 155%), Japão (+ 110%), 6) Alemanha (+ 95%), 7) França (+ 115%), 8) Reino Unido (+ 100%) e Canadá (+110%).

Video streaming, de acordo com a classificação do App Annie, é vídeo pela Internet. Por isso a plataforma que aparece em primeiro em vários países, com exceção da China, é o Youtube.

No Brasil, a lista apresenta o YouTube em primeiro, seguindo do Netflix, YouTube Kids, Twitch e Globo Play. A China é o único país em que o YouTube não aparece na lista das plataformas mais acessadas, que é a seguinte: 1)Tencent Video, 2) iQIYI, 3) Youku, 4) bilibili e 5) ImgoTV. Chama a atenção em todos os países o crescimento da Twitch, plataforma de game-streaming, de competição e comentários de jogos online, que sinaliza claramente uma tendência de crescimento dos e-sports. O Youtube lidera na Índia, Brasil, EUA, Coréia do Sul, Japão, Alemanha, França, Reino Unido e Canadá.

Na categoria de serviços de assinatura de filmes e séries, chamada de SVOD (subscription vídeo on demand), o Netflix também lidera em todos os países, menos na China (Tencent Video está em primeiro) e no Japão (com o serviço Showroom à frente).

A lista de plataformas SVOD no Brasil é a seguinte: 1) Netflix, 2) Playkids, 3) Globo Play, 4) HBO Go e , estranhamento, o 5) BIGO Live. Este último é um app mobile lançado em março de 2016 que tem causado em alguns países asiáticos. Não conseguimos entender porque este app que permite a transmissão ao vivo de qualquer usuário está presente nesta lista.

Deixe uma resposta