Jornal 140 na nova rede social Candowell

O Jornal 140 está em mais uma rede social. Ontem, sábado, os usuários da Candowell foram informados que os nossos conteúdos estarão disponíveis com a seguinte mensagem:

“Oi gente! Só tô passando pra falar que o @jornal140 chegou em Candowell!! :). O @jornal140 publica notícias, artigos e curiosidades de diversos conteúdos de comunicação. Desde social media e marketing, até recursos humanos e tecnologia, ou seja, é muita informação boa!! Formada por curadores e autores especialistas em suas respectivas áreas. O @jornal140 é conteúdo de qualidade para vocês!!

Para quem não sabe, a Candowell é uma nova rede social criada por brasileiros: o empresário da área de produção audiovisual, João Queiroz, e seu irmão, o músico e youtuber, Matheus Queiroz. A ideia surgiu da vontade de ambos de fazer parte de uma rede que realmente fosse “social”, que tivesse o poder de transformar positivamente a sociedade. Comece a usar já: se você tem Android clique aqui. Se é usuário do IPhone clique aqui.

A Candowell é uma rede social de postagem de fotos e vídeos que permite adicionar amigos e acompanhar o que eles estão fazendo, parecida com o Instagram.

A nova rede foi idealizada para que as pessoas façam tudo o que já fazem nas outras redes sociais. A diferença é justamente o resultado daquela ideia inicial, o desejo de transformação. A rede social foi criada com uma causa, um propósito: a doação de 30% da sua receita de publicidade a projetos sócio ambientais por meio do Instituto Candowell que apoiará projetos independentes e o trabalho de Organizações não Governamentais e fundações com atuação em todas as regiões do mundo nas áreas de saúde, educação e meio ambiente.

Para utilizar Candowell o usuário deve baixar o app nas lojas Apple Store ou Google Play, preencher um cadastro e criar um perfil. Uma vez instalado em um dispositivo móvel, já é possível procurar e convidar amigos, postar fotos ou vídeos, acompanhar, curtir ou comentar (por texto ou áudio) as fotos e vídeos dos amigos. Os vídeos podem ser longos, em qualquer orientação (retrato ou paisagem) e podem ser vistos em tela cheia.

João e Matheus Queiroz, da nova rede social Candowell: agora com os conteúdos do Jornal 140.

Para João Queiroz “uma rede social para ser realmente social precisa atuar de maneira positiva para a sociedade. Temos a convicção de que é possível fazer o bem e ser lucrativo ao mesmo tempo, porque a construção de negócios sólidos passa necessariamente pela sustentabilidade. Esperamos que a nossa mensagem e o nosso propósito ajudem a lançar uma semente que cresça e alcance o mundo todo com um objetivo simples e fácil de ser entendido”. Para Matheus Queiroz “inovação só acontece quando algo é feito por pessoas e para pessoas e tem em sua essência o poder de transformar positivamente diversos contextos. Por isso, temos um posicionamento provocativo que vai ao encontro da nossa maior missão: conseguir uma mudança de mindset – fazer o bem é hype, fácil e muito divertido”.

O usuário escolhe o visual do feed no celular, que pode ser no formato de timeline ou de um display tipo mosaico de fotos/vídeos. Além do comentário por voz, outro diferencial de Candowell é a possibilidade de criar e participar de grupos públicos ou privados, que podem ser organizados por pessoas que tenham os mesmos interesses. Os grupos podem ser detectados por geolocalização e são perfeitos para serem utilizados em festas, shows de música, eventos culturais ou esportivos. Além disso, Candowell tem também um serviço de troca de mensagens entre os usuários e seus respectivos seguidores.

O usuário é quem decide

A primeira doação de Candowell será realizada quando a rede atingir um milhão de usuários. E para isso já estão reservados US$ 100 mil, que serão distribuídos entre ONGs selecionadas, independentemente da entrada de receitas.

A partir da segunda doação, o usuário da rede terá poder de decisão. O Instituto Candowell será o responsável pela definição de grupos de notáveis que selecionarão os projetos concorrentes à votação, pelo público, por meio do app de Candowell.

Quando o Instituto selecionar ONGs e projetos, o usuário vai votar e escolher o destino das doações. O resultado poderá ser acompanhado em tempo real no site da Candowell, que também dará acesso às informações sobre valores arrecadados e revertidos aos projetos socioambientais.

Quer participar dessa corrente do bem? Baixe o app e divirta-se!
Google Play: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.candowell
Apple Store: https://itunes.apple.com/bz/app/candowell/id1146589570

Para saber mais sobre Candowell, clique aqui.

Deixe uma resposta