Siga-nos nas Redes Sociais

Séries 3 MIN DE LEITURA

Stranger Things: 5 motivos para começar a ver a série agora mesmo

Stranger Things é assunto desde 2016, quando lançou na Netflix. Mas, sejamos sinceros, 3 anos e 3 temporadas depois, ainda tem muita gente que não faz nem ideia do que se trata.

Êrica Blanc

Publicado

em

Stranger Things é assunto desde 2016, quando lançou na Netflix. Mas, sejamos sinceros, 3 anos e 3 temporadas depois, ainda tem muita gente que não faz nem ideia do que se trata. Se estão vivendo numa bolha ou não, a gente não está aqui para julgar. Pelo contrário, estou aqui para te dar 5 motivos pelos quais você precisa começar a ver Stranger Things agora mesmo, sem medo de ser feliz. Porém, antes de mais nada, vamos contextualizar com a sinopse da primeira temporada:

A trama inicia com 4 amigos, por volta dos 12 anos, jogando RPG, no sótão de uma casa, em 1983. Mas, quando Will, Dustin e Lucas precisam sair da casa de Mike, para voltar para as próprias casas, algo inesperado cruza o caminho de um deles. Will desaparece e o xerife Jim Hopper inicia uma operação para encontrá-lo. Enquanto isso, seus melhores amigos decidem procurá-lo por conta própria. O que nenhum dos investigadores contava é que o sumiço de Will pode revelar segredos sobre experimentos secretos do governo e a uma menina estranha perdida na floresta.

De volta aos anos 80

Não vivi os anos 80. Mas, eles estiveram muito presentes em diversas produções do entretenimento que eu, da geração dos anos 90, consumi. Ou seja, assim como eu, se você chegou a acompanhar ou até vivenciou de fato os anos 80, Stranger Things já tem meio caminho andado para te agradar. É sério! A trama trás muitas referências das produções daquela época, além das músicas, figurinos, carros e fliperama. É sensacional assistir e entender de onde eles tiraram cada coisinha que está imersa na série.

Ficção científica gostosa de assistir

Confesso que eu não sou a maior fã de ficção científica por aqui. Na realidade, corro para longe de produções com essa abordagem. Por isso, logo quando a série lançou em 2016, eu tive receio de assistir. Mas, te contei tudo isso só para dizer que se você, assim como eu, também acha que não vai curtir a série por abordar essa temática, vá sem medo. A trama é muito boa e aborda muitas outras coisas além disso. Como, por exemplo, laços familiares e de amizade, mulheres incríveis, o equilíbrio entre o bad ass e a fragilidade, enfim… Muita coisa mesmo!

Masculinidade frágil é um ponto bem abordado

As produções dos anos 80 eram recheadas de caras incríveis, brancos, bonitos e que viviam muitas aventuras de tirar o fôlego. Isso ajudou a moldar uma geração de homens que acham que o mundo gira em torno dos próprios umbigos. Stranger Things deixa bem claro isso, principalmente em alguns personagens. Como Mike, Billy e Hopper. Tem um vídeo maravilhoso que fala completamente sobre isso, então clica aqui para assistir e entender tudinho.

Mulheres fantásticas

Sabemos que o entretenimento tem o poder de afetar a vida cotidiana das pessoas. Moldar ideias e criar referências para a vida toda. Portanto, esse sempre é um ponto que uso para avaliar séries e outras produções. Fico feliz em dizer que as mulheres representam muito bem, em Stranger Things. Desde a Eleven, que é a personagem principal, com superpoderes e é uma garota bad ass. Até outras personagens, como a Joyce, que é uma mãe aflita pela segurança dos seus filhos e faz de tudo para derrotar o mal; como a Nancy, que parece pomba lesa, mas protagoniza ótimas cenas de empoderamento; e até Max, que é exemplo de sororidade. Enfim, Stranger Things não deixa a desejar nesse ponto.

3 temporadas muito boas

Sempre que uma série começa muito bem e não termina logo, dá medo de que termine bem ruim. Mas, por mais que Stranger Things tenha despertado esse medo em todos os anúncios de uma nova temporada, os irmãos Duff não decepcionam. As três temporadas são meio distintas, mas todas muito boas. Capazes de fazer você maratonar por horas, sem ter fôlego para levantar da frente do sofá e viver sua vida como deveria. Portanto, vá sem medo de ser feliz e aproveite cada segundo dessas 3 temporadas maravilhosas já disponíveis na Netflix.

Foto: Stranger Things / Netflix

*O Jornal 140 não se responsabiliza pela opinião dos autores deste coletivo.

Êrica Blanc é jornalista, criadora do @blogremenor, co-criadora da @amoor.co, apaixonada por contar histórias de amor reais, empreendedora de primeira viagem e louca das listas.

Séries 3 MIN DE LEITURA

Matando o tédio: 7 séries para maratonar nas férias

Em busca de matar o tédio com a ajuda de séries? Tenho 7 séries fofas e maravilhosas para te tirar desse clima nessas férias.

Êrica Blanc

Publicado

em

Tem período que desperta mais o tédio do que inicio de ano? Tem um monte de gente de férias da faculdade e do trabalho, viajando e etc. Até para quem não esta, necessariamente, de férias. O mundo parece mais lento, alguns amigos viajando e quem fica de pernas para o ar ou que chega em casa após um dia de trabalho sem ter muito o que fazer, acaba de braços dados com o tédio. Sem contar que, no nosso país, esse período se estende até depois do carnaval. Então, ainda tem chão aí! Por isso, preparei uma lista de séries que vão te ajudar a matar o tédio ao longo desses próximos dias!

Anne with an E

Sinopse: Série finalizada, com apenas 3 temporadas, para encantar você por alguns dias. Anne é uma personagem apaixonante, cheia de imaginação e criatividade. Ela é uma pré-adolescente, que não tem família e acaba sendo enviada para um casal de irmãos por engano. Com seu jeito para lá de especial, ela não demora a conquistar os dois e conseguir um espaço na família. Mas, vai precisar lutar pela sua aceitação e pelo seu lugar no mundo. Tem resenha! Vem ler. 

Desventuras em série

Sinopse: Sou suspeita para falar, pois amo tudo que está relacionado a essa série. Mas, se você está pensando em matar o tédio, Lemony Snicket pode ser a melhor companhia. A trama é baseada na coleção de mesmo nome,  onde acompanhamos a trágica história dos irmãos Baudelaire – Violet, Klaus e Sunny – órfãos sob a guarda do terrível Conde Olaf, que fará de tudo para colocar as mãos na herança das crianças. Entre idas e vindas, os irmãos buscam constantemente despistar Olaf e investigar a misteriosa morte de seus pais. Para saber mais, clica aqui!

Drop Dead Diva

Sinopse: Matando o tédio com doses de humor? Drop Dead Diva pode te ajudar! A série conta a história de Deb Dobkins, uma aspirante a modelo super futil, que morre em um acidente de carro. Ao chegar ao céu, inconformada com sua morte, aperta “return” no computador do anjo Fred e acaba no corpo de uma advogada ultra inteligente que sofre com excesso de peso Jane Bingum. Sendo que Jane estava na mesa de cirurgia, após levar um tiro dentro de seu escritório. Quer saber mais? Clica para ler a resenha.

iZombie

Sinopse: Para quem gosta de série policial, iZombie é a melhor das opções. Olivia Moore, mais conhecida como Liv, é uma estudante de medicina que é contaminada e se transforma em zumbi. Pensando em não machucar ninguém, ela termina o noivado, se afasta de todos e começa a trabalhar em um necrotério para conseguir cérebros sem precisar matar ninguém. No entanto, ao comer o cérebro de alguém, ela passa a ter acesso às lembranças daquela pessoa e , assim, passa a colaborar com a investigação de casos policiais. Tem resenha! Clica para ler.

Younger

Sinopse: Liza Miller já é quarentona, se separou do marido endividado e tem uma filha adolescente para criar. Mas por causa de sua idade, ela sente dificuldades em conseguir emprego, até que com a ajuda de uma amiga Liza decide passar por uma transformação para aparentar 26 anos. E dá certo. Ela consegue emprego numa editora e o amor de um cara mais jovem. Mas até quando ela conseguirá esconder esse segredo? Acesse a resenha, clicando aqui!

Jane the virgin

Sinopse: Quando Jane era uma garotinha, ela fez uma promessa para sua avó, dizendo que seria virgem até o dia do seu casamento. Aos 23 anos, Jane está noiva e já tem a vida toda planejada. Até que uma ginecologista insemina Jane artificialmente, sem que ela saiba e as coisas saiam completamente de controle. E, como tudo pode piorar, o pai da criança que está a caminho é uma antiga paixão dela e seu atual patrão, Rafael. A série desenrola como se a vida dela fosse uma novela onde ela é a estrela. Portanto, pode esperar por muita comédia e drama em uma série só. Para saber mais, clique aqui!

The Fosters

Sinopse: The Fosters mostra o dia-a-dia de uma família composta por duas mães e seus filhos, adotivos e biológico. Mas, quando a família cresce ao decidirem hospedar mais duas crianças órfãs, as mães veem tudo sair do trilho. Sendo assim, a série aborda bastante sobre as falhas do sistema de adoção e os desafios que a chegada de novos filhos podem trazer. Tem resenha disponível, clica aqui para ler.

Qual a sua série favorita para matar o tédio?

*O Jornal 140 não se responsabiliza pela opinião dos autores deste coletivo.
Continuar Lendo

Séries 1 MIN DE LEITURA

F1: Dirigir para Viver: Série da Netflix apresenta o mundo implacável da Fórmula 1

Do produtor de Amy e Senna, esta série documental apresenta o mundo da Fórmula 1, revelando um lado pouco conhecido dos pilotos, suas famílias e equipes.

Publicado

em

Foto: Divulgação / Netflix

A série de 10 episodios é a primeira a realmente imergir o público dentro dos cockpits, o paddock e as vidas dos principais pilotos e chefes de equipe da Fórmula 1. A série abrange o Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2018 e tem acesso incomparável e exclusivo aos pilotos mais rápidos do mundo, diretores de equipe e proprietários, bem como à própria equipe de gerenciamento da Fórmula 1.

Devido ao enorme sucesso, a Fórmula 1 confirmou que a série da Netflix retornará para uma segunda temporada em 2020.

*O Jornal 140 não se responsabiliza pela opinião dos autores deste coletivo.
Continuar Lendo

Trending

  • Registrar
ou entre com
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.