Siga-nos nas Redes Sociais

Marketing 2 MIN DE LEITURA

Inbound Marketing: o marketing certo para a pessoa certa

Não faz muito tempo, precisei escrever um texto sobre gravidez e, ao digitar no Google sobre o tema, descobri o blog da Pom Pom Fraldas. Encontrei muito mais do que precisava, entre cuidados com a mãe e cuidados com o bebê, desde ‘‘Quero engravidar, e agora?’’ até dicas de lembrancinhas para o chá da revelação.

Lai Dantas

Publicado

em

Não faz muito tempo, precisei escrever um texto sobre gravidez e, ao digitar no Google sobre o tema, descobri o blog da Pom Pom Fraldas. Encontrei muito mais do que precisava, entre cuidados com a mãe e cuidados com o bebê, desde ‘‘Quero engravidar, e agora?’’ até dicas de lembrancinhas para o chá da revelação.

Fiquei pensando: não me causaria impacto algum assistir um anúncio da Pom Pom na televisão ou receber um panfleto ou e-mail da marca, porque no momento eu não estou me preparando para ser mãe, não estou grávida e ainda não tenho filhos e, mesmo em alguma dessas situações, poderia me interessar ou não, afinal, há também outras opções.

Mas, e se eu estivesse grávida ou pretendendo ter um bebê e, ao pesquisar sobre o assunto na internet, encontrasse o blog? Certamente estaria dando início, sem saber, a um processo de relacionamento com a marca, que não se resumiu em dizer que seu produto é bom e que eu preciso dele. Ao invés disso, falou comigo, entendeu minhas necessidades e até me mostrou soluções.

Não é à toa que o Inbound Marketing é conhecido como Marketing de Atração: um conjunto de estratégias baseadas na criação e compartilhamento de conteúdos de qualidade, úteis e relevantes, com o objetivo de despertar o interesse de possíveis clientes e fazer com que eles procurem a marca e não o contrário.

Aliás, essa é a principal característica que difere o novo jeito de fazer marketing do tradicional Outbound Marketing, que já não funciona tão bem quanto um dia funcionou, com seus métodos de anunciar para uma grande audiência em busca de clientes.

Isso porque, com o avanço digital e o que ele proporcionou, como o fácil e rápido acesso à informação, tudo mudou! Se antes não havia problemas em ser interrompido por intervalos comerciais no meio de um filme, hoje é bem diferente e, portanto, o comportamento do consumidor agora é outro. Antes de escolher qualquer produto ou serviço, ele pesquisa e se informa uma, duas ou quantas vezes achar necessário até a decisão de compra.

Segundo a iMedia Connection, 60% dos consumidores apresentam visão mais positiva sobre uma marca depois de consumir conteúdo da mesma.

É como Vitor Peçanha, co-fundador da Rock Content, escreveu em seu livro Obrigado pelo Marketing: ‘‘quanto mais de nicho for o conteúdo, menor será o alcance e maior será o engajamento’’.

Em outras palavras, você vai ganhar muito mais se direcionar seu conteúdo para quem realmente pode se interessar por ele e isso é exatamente o que o Inbound Marketing faz: atrai as pessoas certas.

*O Jornal 140 não se responsabiliza pela opinião dos autores deste coletivo.

Lai Dantas é profissional de marketing e acredita que o futuro é de marcas que se importam com pessoas. Atualmente, empreende na internet como produtora de conteúdo. Adora um café quente e um bom livro!

Continuar Lendo

Escreva um Comentário

Marketing 2 MIN DE LEITURA

3 vantagens de ter um perfil comercial no Instagram

Neste artigo, você também vai aprender como mudar sua conta para conta comercial no Instagram.

Lai Dantas

Publicado

em

Foto: Unsplash

Conhecido por implementar mudanças ora bem recebidas, ora motivos de críticas e polêmicas, o Instagram é hoje uma das redes sociais mais utilizadas por empresas brasileiras. Inegavelmente o rei do engajamento sabe acompanhar as necessidades do público que tem e um exemplo claro é a opção de perfil comercial que disponibilizou.

Por consequência da atualização, marcas empresariais e pessoais passaram a ter acesso a informações fundamentais para a construção e manutenção das estratégias que desenvolvem para a plataforma, uma vez que curtidas e comentários já não são parâmetros de resultados há muito tempo.

Vantagens de ter um perfil comercial

Mensurar resultados

Com o perfil comercial, é possível obter dados como alcance, impressões, visualizações, cliques, dados demográficos (idade, cidade, gênero etc.), assim como saber quantas pessoas salvaram sua publicação, compartilharam seu post com outro usuário, visitaram seu perfil ou clicaram no seu site (caso tenha um).

O que isso significa? Ter acesso ao que funciona e ao que não funciona nos permite ajustar a estratégia, o conteúdo e até mesmo o investimento.

Inserir opções de contato

Outra vantagem é que você pode inserir informações públicas da sua marca, como endereço de e-mail, endereço comercial e telefone. Além disso, também é possível adicionar um botão de ação e, dessa forma, seus clientes poderão interagir com sua empresa a partir do seu perfil.

Comprar, agendar, reservar e iniciar pedido são algumas das opções disponíveis no momento.

Foto: Unsplash

Agendar publicações

Recentemente o Facebook liberou o agendamento de posts no Instagram. O mesmo vale para IGTV e tudo pode ser programado por até seis meses. Você só precisa ter um perfil comercial.

Nessa o Estúdio de Criação do Facebook mandou muito bem, já que antes, para manter a organização e o calendário de postagens em dia, era preciso recorrer a ferramentas pagas de gerenciamento de redes sociais.

Como mudar sua conta para comercial no Instagram

Siga o passo a passo:

  1. Em primeiro lugar, acesse as configurações da plataforma e selecione a opção conta;
  2. Em seguida, opte por “mudar para conta profissional”;
  3. Escolha a opção que melhor descreve você ou seu negócio (criador de conteúdo ou empresa) e clique em avançar;
  4. Depois, selecione a categoria que melhor descreve o que você faz.
  5. Então, preencha suas informações públicas de contato;
  6. Opte por conectar sua página a uma conta do Facebook ou não;
  7. Enfim, seguindo todos esses passos, você terá um perfil comercial.

Gostou do artigo?

Talvez você também se interesse por: Marketing de Conteúdo: O que fez uma marca de pneus distribuir guias turísticos.

*O Jornal 140 não se responsabiliza pela opinião dos autores deste coletivo.
Continuar Lendo

Marketing 2 MIN DE LEITURA

Por que produzir conteúdo é importante?

Neste artigo, você vai entender – de forma simplificada – a importância da produção de conteúdo.

Lai Dantas

Publicado

em

Foto: Michelin

Produzir conteúdo não se resume a escrever, tampouco escrever apenas para um blog ou falar sobre determinado assunto nos Stories do Instagram. Não à toa, dentro do marketing digital é a estratégia mais utilizada por empresas.

Blog post, post para redes sociais, webinar, vídeo, podcast, newsletter, e-book, infográfico, enquete, meme, gif, estudo de caso, guia, lista, ao vivo e por aí vai: ao entregar valor para a pessoa certa, por meio de materiais relevantes, você acaba criando uma percepção positiva sobre sua marca, seja ela pessoal ou empresarial.

Vamos falar um pouco mais sobre isso? Continua comigo.

Produzir conteúdo é centenário!

O conteúdo como estratégia surgiu há muito tempo e não foi na internet.

Lembra quando eu falei sobre a marca de pneus que distribuiu guias turísticos para motoristas de uma região interiorana da França? Pois é. Isso faz mais de 100 anos.

Michelin

A empresa da qual estou falando é a Michelin. Ao invés de distribuir panfletos prometendo a melhor qualidade do mercado, disponibilizou exemplares com dicas de viagem e informações sobre os melhores estabelecimentos para comer e se hospedar. Assim, motoristas começaram a viajar de carro cada vez mais para conhecer esses lugares incríveis e, como consequência de tantos quilômetros rodados, uma hora precisaram trocar os pneus gastos. Entendeu a sacada?

Leite Moça

Um exemplo mais atual é o leite condensado Moça da Nestlé.

Com a reformulação da embalagem, as latas passaram a vir com receitas no verso. E depois mudou ainda mais. O produto agora vem com um QR Code que redireciona o consumidor para as redes sociais, onde é possível conferir a receita completa e outras opções. Um prato cheio para quem gosta de cozinhar e quer aprender novas sobremesas!

Produzir é importante porque…

Os hábitos de consumo mudaram e como diz Seth Godin, o marketing que funciona no momento é aquele que as pessoas escolhem prestar atenção. Ou seja, o marketing de conteúdo: que atrai, envolve e gera valor.

A produção de conteúdo, então, nada mais é do que uma forma de construir relacionamentos duradouros entre uma marca e um consumidor, levando em consideração que ele tem um mundo de informações na palma da mão.

Com um leque de possibilidades, por que escolher a opção L e não a opção A, B, C ou Z? Por que escolher você e não o concorrente?

Porque você conhece suas dores e necessidades, bem como seus anseios e desejos, como ninguém. E não interrompe, não apela e não implora. Você só está ali interessado em solucionar, educar e ensinar, ao invés de simplesmente vender. Né?

Portanto, crie! Crie de forma consistente e se torne inesquecível!

*O Jornal 140 não se responsabiliza pela opinião dos autores deste coletivo.
Continuar Lendo

Trending

  • Registrar
ou entre com
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.